O QUE É O CANHÃO AUTO-OSCILANTE E QUAIS SÃO AS SUAS APLICAÇÕES?

Existem certos componentes de um sistema de combate à incêndios que são conhecidos pela maior parte das pessoas, como o hidrante e a mangueira, por exemplo. Outros, como o canhão monitor auto-oscilatório, no entanto, muitas vezes são pouco conhecidos, apesar de possuir igual relevância e importância. Pensando nisso, preparamos um breve dossiê a respeito desse equipamento. Confira!

O QUE É ESSE EQUIPAMENTO?

 

Caso você não saiba, canhão monitor auto-oscilatório é o nome de um tipo importantíssimo de equipamento, que faz-se frequentemente presente em sistemas fixos de combate à incêndios. Sua principal vantagem é permitir que a água que sai de um ponto fixo, como uma mangueira ou um hidrante, por exemplo, seja distribuída de forma alternada (varredura); o canhão auto-oscilatório é capaz de utilizar a pressão do próprio sistema para realizar movimentos horizontais e, com isso, esguichar água em uma área maior sem que haja necessidade da presença de um operador.

COMO O CANHÃO FUNCIONA?

 

O canhão auto-oscilatório pode ser portátil (alimentado por mangueiras) ou fixo (flangeado). Quando necessário, basta posiciona-lo em direção às chamas que precisam ser combatidas ou áreas que devem ser resfriadas, alimentar o canhão com água da rede de incêndio e a pressão da própria água fará com que o canhão se movimente. Se necessário, durante o processo podem ser feitos ajustes no ângulo do canhão com facilidade, na maior parte das vezes sem que seja preciso nenhum tipo de ferramenta especial.

 ESSE TIPO DE EQUIPAMENTO OPERA APENAS COM ÁGUA?

 

Não necessariamente. No mercado, você encontra canhões auto-oscilatórios que são capazes de operar tanto com água como com espuma e modelos de esguicho capazes de realizar o trabalho de sucção da espuma apenas com a pressão negativa formada pela passagem do fluxo de água por um venturi.

QUE TIPOS DE EMPRESA INVESTEM NISSO?

Conforme mencionado, o canhão auto-oscilatório, apesar de pouco conhecido, é bastante popular, sendo utilizado em diferentes tipos de locais, como por exemplo refinarias, usinas de açúcar e álcool e diques, plataformas de carregamento.

Como exemplo recente, podemos ressaltar o caso das usinas de açúcar e álcool, conforme a última revisão da consulta técnica do corpo de bombeiros do estado de São Paulo, CT-37, todos os silos horizontais para armazenagem de açúcar a granel devem possuir canhões monitores auto oscilatórios instalados internamente, com vazão de trabalho minima pré determinada e com quantidade suficiente para realizar a varredura de toda a area de armazenagem.

VALE A PENA INVESTIR NESSE EQUIPAMENTO?

 

Se você deseja tornar o seu local de trabalho mais seguro e melhorar a eficiência de seu sistema de combate à incêndios, o canhão auto-oscilatório é um ótimo investimento. Sem dúvida, por possuir tamanho compacto, que permite que o mesmo seja armazenado com facilidade quando não está em uso, e por ser capaz de trabalhar sem a presença de um brigadista, realizando um movimento de varredura e distribuindo melhor a água quando está em uso, o canhão auto-oscilatório é um excelente acréscimo para o sistema da maior parte das empresas.

COMO ADQUIRIR ESSE EQUIPAMENTO COM SEGURANÇA?

O canhão auto-oscilatório, assim como a maior parte dos itens que compõem um sistema de combate à incêndios, precisa obedecer a certas regras – a maior parte delas impostas pela ABNT. Por conta disso, é altamente recomendável que você adquira estes equipamentos apenas de fornecedores idôneos, como a Bucka, por exemplo, que possui certificado ISO 9001 e que está há décadas nesse mercado, sendo especialista não apenas nesse tipo de equipamento, mas também em diversos outros tipos de equipamentos especializados em combate ao incêndio, como hidrantes, extintores e mangueiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *