Combustão Espontânea

A combustão espontânea, como o próprio nome diz, é um tipo de combustão que ocorre sem a colocação de nenhuma fonte inflamável externa para desencadear o incêndio.

Materiais armazenados em grande quantidade podem sofrer combustão espontânea devida ao calor interno, que aumenta por meio de reações químicas com os gases oxigênio e hidrogênio (oxidação ou fermentação). A reação impede que o calor seja dissipado para o ar e a temperatura do material aumenta até que atinja a autoignição.

Os materiais que podem sofrer combustão espontânea são chamados de pirofóricos, sendo o sódio um grande exemplo. Esses materiais têm uma temperatura de autoignição menor que a temperatura ambiente, por isso basta o contato com ar ou água para que a combustão seja provocada.

Outra característica desses materiais é a grande superfície de contato com o ar. Alguns materiais que podem sofrer esse tipo de combustão são:

Carvão
Tem chance de inflamar espontaneamente quando exposto ao oxigênio caso não haja resfriamento adequado.
Negativos e filmes antigos
Até 1950, eram fabricados com nitrato de celulose, substância que podia causar combustão espontânea.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *