Entenda como é feito um projeto de combate a incêndio para indústrias e a importância do AVCB


20 de agosto de 21

Incêndio é um tema muito importante para qualquer indústria, ignorar a necessidade de um projeto de combate à incêndio é não se atentar para os prejuízos que um acontecimento como esse pode trazer, sem falar no risco que as pessoas que trabalham em sua indústria podem estar sofrendo sem ao menos saber disso.

Muitos dos grandes incêndios que ocorreram em galpões industriais estão atrelados à negligência de proprietários que não procuram tirar o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), ou ainda não executam a instalação do sistema atendendo as normas nacionais e internacionais.

Importância de um projeto

Muitas perguntas surgem quando buscamos os documentos necessários para estar de acordo com as normas de funcionamento, para chegar ao Auto de Vistoria é preciso contar com outro documento muito importante, o projeto de combate a incêndio.

Esse documento consiste em registrar todas as normas e medidas de segurança presentes em uma indústria. Nele estarão presentes as etapas para prevenção e combate à possíveis incêndios, antecipando áreas de risco e estabelecendo medidas de controle contra a expansão do fogo em focos de incêndio.

Esse processo todo vai especificar os tipos de extintores e seus agentes de extinção de incêndio, rede de hidrantes , proteção em escadas, saídas de incêndio, detectores de calor e fumaça, sprinklers, porta corta-fogo, sinalização de emergência, avisos visuais e sonoros e etc.

O que deve conter nesse projeto?

Com base na proteção da vida das pessoas que ocupam o imóvel o projeto vai ter como norte a certificação de que este local está de acordo com as normas pré-estabelecidas no combate à incêndios. O documento oferece meios de controle e extinção do incêndio, para que todos tenham consciência de como inibir a propagação das chamas dando acesso às medidas aplicadas pelo Corpo de Bombeiros, assim colaborando com a prevenção antes de que o foco surja.

Quando o projeto é essencial?

O projeto vai dar base para o AVCB comprovar que há segurança no estabelecimento, reduzindo as chances de qualquer incêndio e minimizando os perigos caso ocorra, por si só já é uma vantagem tê-lo antes do requerimento. Em edificações com área construída superior a 750 m² e com altura superior a 12 metros o uso do projeto é obrigatório por conta da necessidade de sistemas hidráulicos nestes locais.

Normalmente temos grupos pré-especificados para cada tipo de edificação, por isso é necessário o proprietário estar atento a isto e buscar o melhor profissional para elaborar seu projeto. Em alguns casos, dependendo da edificação é necessário apenas um Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros (CLCB), pois podem ser consideradas áreas de baixo risco.

Elaborando  o projeto

O profissional responsável pela elaboração de projetos de combate a incêndios normalmente é um arquiteto, engenheiro civil, ou técnico de segurança no trabalho, todos estes estão habilitados para elaborar esse trabalho cumprindo normas e leis necessárias, em alguns estados brasileiros o Corpo de Bombeiros exige que o profissional tenha especialização em engenharia de segurança no trabalho caso seja arquiteto ou engenheiro civil.

O profissional vai elaborar o documento com todas as informações e medidas que visam a prevenção para que não ocorram incêndios no local, ou os procedimentos para extinguir o foco atuando sempre na proteção da vida dos ocupantes e no imóvel.

É preciso estar ciente que mesmo com um profissional há a possibilidade do Corpo de Bombeiros anular o documento se não forem cumpridas as exigências estabelecidas pela legislação vigente ou se o profissional que elaborou o projeto não estiver de acordo com as habilidades requeridas para a formulação do documento.

Sobre a Bucka

Somos uma empresa especializada e dedicada ao desenvolvimento e aprimoramento de sistemas de prevenção e combate a incêndios e poderemos ajudar você a fazer a escolha certa.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *