Os maiores incêndios do Brasil

Os maiores incêndios ocorridos no País servem de alerta. Entre inúmeros casos vamos destacar os que mais ganharam repercussão no país.

Gran Circo Norte-Americano

Em 1961, o Gran Circus Norte-Americano estava instalado em Niterói no Rio de Janeiro.

Foram aproximadamente 500 vítimas fatais decorrente de um incêndio causado por vingança. Adilson Alves, acusado como principal responsável pelo crime tinha sido contratado para ajudar a erguer a lona do picadeiro, ele se desentendeu com o dono e jurou vingança. Foi então que com a ajuda de dois comparsas, José dos Santos e Walter dos Santos, usaram gasolina para incendiar o circo com as arquibancadas cheias.

Andraus

Em 1972 foi a vez do edifício Andraus no centro de São Paulo. O incêndio foi causado por um luminoso que exibia propagandas.

O prédio de 32 andares sofreu explosões que fizeram sua estrutura tremer. Foram 330 feridos e 16 mortos.

Edifício Joelma

Dois anos depois em 1974 foi a vez do Edifício Joelma de 25 andares.

Um curto circuito em um aparelho de ar condicionado começou o incêndio que durou mais de 8 horas. Foram 345 feridos e 188 mortos.

Loja de Departamento – RS

Em 1976, houve um incêndio em uma loja de departamentos em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Estima-se que 41 pessoas morreram e mais de 60 ficaram feridas.

Edifício Andorinha

Em 1986, no Rio de Janeiro, o Edifício Andorinha foi destruído pelo fogo. A causa mais provável é que o fogo tenha se iniciado no 9° andar em uma tomada que estava sobrecarregada por vários aparelhos elétricos. Estima-se 23 mortos e mais de 40 feridos.

Canecão Mineiro

Em 2001, em uma casa de show em Belo Horizonte, Minas Gerais, um acidente com queima de fogos no palco fez as chamas se espalharem deixando 7 mortos e mais de 300 feridos.

Boate Kiss

O fogo começou no palco da boate com um sinalizador lançado por um integrante da banda que tocava na casa. Foram 242 vítimas fatais e inúmeros feridos.

Ultracargo de Santos

O incêndio na Ultracargo de Santos durou mais de 7 dias seguidos. Não houve nenhuma vítima fatal durante o incêndio, porém, a companhia foi multada em R$ 22,5 milhões devido aos danos ambientes, riscos à população e outras.

Artigos Relacionados:

Incêndio na ultracargo: uma análise preliminar
Incêndio no edifício Joelma completa 40 anos
Por que tragédias ainda acontecem no Brasil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *